11 de ago de 2016

20 Possíveis Temas da Redação do Enem 2016

Veja uma lista de 20 Possíveis Temas da Redação do Enem 2016, e fique preparado para a prova de redação, caso tenha um desses temas a ser discutido.
1) Endemias: Com os constantes casos de doenças virais atualmente no Brasil e no mundo, esse pode ser um tema bem provável do Enem 2016.

1 de jul de 2016

Branco Central do Brasil: Política Fiscal

I - Resultados fiscais
          
O setor público consolidado registrou deficit primário de R$18,1 bilhões em maio. O Governo Central, os governos regionais e as empresas estatais apresentaram deficits respectivos de R$17,8 bilhões, R$212 milhões e R$147 milhões.
          No ano, o deficit primário acumulado é de R$13,7 bilhões, ante superavit de R$25,5 bilhões no mesmo período de 2015. No acumulado em doze meses, registrou-se deficit primário de R$150,5 bilhões (2,51% do PIB), 0,18 p.p. do PIB superior ao valor observado em abril.

9 de jun de 2016

Cegueira sociológica

         Existe uma autonomia?  Temos pensamentos e opiniões próprias? Sabemos o que é liberdade? Por que criticamos outras pessoas com opiniões diferentes das nossas? Somos forçados a defender o “modelo” como o sistema imunológico é forçado a defender o corpo.  
            É a lei da ação e reação: você faz a sociedade e essa reage modelando você. Por mais racional que possa parecer as tomadas de suas decisões, na real, não passam de impulsos tendenciosos produzidos por extinto animalesco e induzidas pelas relações sociais.
            Dessa lógica só poucos escapam e, acredito que você não estar entre esses poucos. Nessa vida, somos direcionadas para atender interesses ocultos e inconfessáveis. Afinal, o que é a massa senão marionete de vontades aleias? Nossas vontades foram terceirizadas? Não podemos separar em sociedade o indivíduo do coletivo, a vontade individual encontra-se dissolvida na multidão.    
            A situação é insolúvel e natural, é cruel e é tão real que chegamos ao cúmulo de terceirizar a visão. Outros nos mostram as ilusões necessárias para trazer um mito, uma construção, um sentido por mais miserável que seja.
            Precisa-se de algo para continuar com a ilusão da incapacidade e a sociedade dá-lhe isso. Aprenda a ter ilusão de ótica! Escolha um time do coração! Entre na onda! O importante é deixar a administração da sua vida para depois.
            A solução! Não há mais solução. A própria ideia de “solução” já é um erro. Já pensou sobre o conceito de educação? É um direito do cidadão! Deveria ser um dever de todos se educarem! Mas isso implicaria numa mudança psicossocial profunda na estrutura social do país. Ou seja: é impossível. Não há solução.
            Aqui no meu mundo você só pode chegar a algum sucesso se desistirem de defender a “normalidade”. Não há mais normalidade alguma. Estamos todos no centro do Insolúvel. Só que alguns vivem dele e vocês não… Como posso viver de minha própria burrice? Percam todas as esperanças. Estamos todos no centro do insolúvel.
Arnaldo Jabor

21 de mai de 2016

Novos números sobre o agronegócio de MT

         O segmento do agronegócio tem dito que, segundo um trabalho recente da Fundação Getúlio Vargas, o Estado exporta 52% da soja e vende internamente 48%.
Não in natura, a maior parte seria industrializada e transformada em óleo ou farelo de soja. E que sobre isso incidiria ICMS.
Se a soja fosse exportada, não haveria essa incidência por causa da Lei Kandir.

23 de mar de 2016

O imbecil juvenil: Jornal da Tarde, São Paulo, 3 abr. 1998

         Já acreditei em muitas mentiras, mas há uma à qual sempre fui imune: aquela que celebra a juventude como uma época de rebeldia, de independência, de amor à liberdade. Não dei crédito a essa patacoada nem mesmo quando, jovem eu próprio, ela me lisonjeava. Bem ao contrário, desde cedo me impressionaram muito fundo, na conduta de meus companheiros de geração, o espírito de rebanho, o temor do isolamento, a subserviência à voz corrente, a ânsia de sentir-se iguais e aceitos pela maioria cínica e autoritária, a disposição de tudo ceder, de tudo prostituir em troca de uma vaguinha de neófito no grupo dos sujeitos bacanas.
        O jovem, é verdade, rebela-se muitas vezes contra pais e professores, mas é porque sabe que no fundo estão do seu lado e jamais revidarão suas agressões com força total. A luta contra os pais é um teatrinho, um jogo de cartas marcadas no qual um dos contendores luta para vencer e o outro para ajudá-lo a vencer.

3 de mar de 2016

O bem público e os objetivos de quem não deseja ter olhos

          Procuras saber em que consistem precisamente o maior dos bens, que deveria ser o objetivo de todo sistema educacional, verás que dois objetivos são principais: a liberdade e a igualdade.
         Para o filósofo René Descartes (1596-1650), age com mais liberdade quem melhor compreende as alternativas que precedem a escolha, nesse sentido, quanto mais evidente a veracidade de uma alternativa, maiores as chances de ela ser escolhida pelo agente. No entanto a inexistência de acesso à informação afigura-se óbice à identificação da alternativa com maior grau de veracidade, denotando a possibilidade de existir submissão e servidão.
          Já a igualdade, no âmbito da Política, é o conceito que descreve a ausência de diferenças de direitos e deveres entre os membros de uma sociedade e foi plantada no Iluminismo para idealizar uma realidade em que não houvesse distinção jurídica entre nobreza, burguesia, clero e escravos.
         No entanto o que se vê é uma ausência de liberdade no âmbito da unidade escolar produzida pela falta de conhecimento daquele que deveria conhecer ou pela desfaçatez dos donos da cena, os senhores do constrangimento.
         Tal liberdade, dizem os projetistas do modelo, é uma quimera especulativa, que não pode existir na prática; contudo se o abuso é inevitável, segue-se que ao menos não seja regulamentado. Isso porque a força da ignorância tende sempre a destruir a liberdade que a legislação federal tende a preservar.
         O que torna um Estado verdadeiramente sério é o fato de as leis serem de tal modo observadas que a vontade geral e o bem coletivo, tombem sempre, harmoniosamente, sobre os mesmos pontos. Mas, quando os que deveriam observar as leis enganam-se em seus julgamentos, tomando um princípio diverso daquele que nasce da natureza da lei? Vê-se a grande Carta debilitada insensivelmente, altera-se os fundamentos do ensino em nome de uma visão semelhante a do cego de Jericó. 
 Fundamentos do Contrato Social

28 de fev de 2016

Hora-atividade para professores onde pode ser feita?


           A previsão de que, no mínimo, 1/3 (um terço) da jornada docente deve ser destinado às atividades extraclasse, tal como estipulada no § 4º do art. 2º da Lei nº 11.738/2008, contribui, sem dúvida, para o desenvolvimento e consolidação do princípio da valorização do magistério.
            Aliás, conforme já foi assinalado, esse direito já estava previsto também no art. 67, inciso V da LDB, embora, aqui, não houvesse uma proporcionalidade definida: 
Art. 67. Os sistemas de ensino promoverão a valorização dos Profissionais do magistério, assegurando-lhes, inclusive nos termos dos estatutos e dos planos de carreira do magistério público:
V – Período reservado a estudos, planejamento e avaliação, incluído na carga de trabalho

            Os membros do Conselho Federal de educação prescrevem: as horas de atividade extraclasse são essenciais para que o trabalho do professor tenha a qualidade necessária e produza resultados benéficos para a aprendizagem dos estudantes. Considerando-se ou não o disposto mais acima, estes momentos incluem o trabalho que o professor realiza fora da escola, normalmente em sua própria residência, incluindo leituras e atualização; pesquisas sobre temas de sua disciplina e temas transversais; elaboração e correção de provas e trabalhos e outras tarefas pedagógicas.
        O professor sempre trabalhou, e muito, em sua própria residência. A composição da jornada de trabalho que considera e remunera este trabalho, reconhece um fato concreto e, com a Lei nº 11.738/2008, melhora o tempo e as condições para que este trabalho seja feito.
          Registre-se que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) foi alterada pela Lei nº 12.551/2011, sancionada em 15 de dezembro de 2011, que equipara o trabalho realizado no local de trabalho e o realizado na residência do trabalhador, desde que comprovável, inclusive por meios eletrônicos. E o trabalho que o professor realiza em sua casa pode ser facilmente comprovado.
            Vendo o parecer CNE/CEB nº 18/2012 e, mais precisamente sua página 28, fundamentado na lógica, não podemos dizer que os professores só podem estudar e desenvolver as atividades extraclasses no âmbito escolar. É irracional a obrigatoriedade (aqui) de fazer todas as horas atividades na escola.
Fonte: Conselho Nacional de Educação 

25 de fev de 2016

Comparativo das receitas de 2015 e 2016 do Estado de Mato Grosso

          A receita do Estado de Mato Grosso em 2015 foi de R$ 13.653.061.831 (Treze bilhões, seiscentos e cinquenta e três milhões, sessenta e um mil, oitocentos e trinta e um reais) e em 2016 a receita foi fixada em R$ 16.553.492.816,81 (dezesseis bilhões, quinhentos e cinquenta e três milhões, quatrocentos e noventa e dois mil, oitocentos e dezesseis reais e oitenta e um centavos).
           Isso representa um aumento de 21,24% nos valores da receita para 2016, mas quando descontamos a inflação, que foi de 10,71% segundo o Banco Central do Brasil, temos 10,53% de aumento real com relação a 2015.
Fonte: Governo de MT

18 de fev de 2016

As causas da inflação

Entenda por que os preços sobem
             Inflação é o aumento no nível de preços, que ocorre quando a média do crescimento dos preços de um conjunto de bens e serviços em um determinado período. É um fenômeno em que a maioria dos preços vai sendo reajustada com uma frequência mensal.
           O aumento no nível dos preços pode ter uma causa monetária (impressão de dinheiro pelo governo), causas psicológicas (agentes ajustam o preço porque acham que outro também vai ajustar) ou uma causa real (um desajuste entre a oferta e a demanda por bens e serviços).
            Os principais vilões da inflação são: Gestos Públicos, Cartéis, Custos de Produção, Produção em BaixaIndexação e Inércia.

Gastos Públicos


            Veja o que acontece quando o governo gasta mais do que arrecada! Há dois caminhos para os preços aumentarem:

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...